Enxerto ósseo vertical

A implantação bem-sucedida requer um rebordo alveolar com altura suficiente. As abordagens convencionais para aumento da altura do rebordo incluem o enxerto de bloco ósseo autógeno, enxerto ósseo interposicional e membranas de forma estável. 


Aumento com blocos ósseos

Os blocos de osso autógeno são o material de eleição para compensar a largura óssea insuficiente. A reabsorção, contudo, pode levar a maus resultados a nível funcional e estético.

Moldando o bloco ósseo com Geistlich Bio-Oss® de reabsorção lenta e cobrindo a área enxertada com Geistlich Bio-Gide® a retração do enxerto é consideravelmente reduzida. O volume do rebordo aumentado se mantém estável1.

 


Aumento com membranas estáveis

Atualmente, é necessário usar membrana de forma estável para um maior aumento vertical do rebordo quando não está disponível um bloco ósseo. As membranas sintéticas reforçadas com titânio são usadas frequentemente, mas têm o risco de exposição prematura e infeção bacteriana2,3. O uso adicional de Geistlich Bio-Gide® favorece a cicatrização do tecido mole e minimiza as deiscências da ferida4.

O espaço abaixo da membrana de forma estável e reforçada por titânio pode ser preenchido com uma mistura de escamas ósseas autógenas e grânulos de Geistlich Bio-Oss®. Tal procedimento facilita um equilíbrio ideal de formação óssea – induzida pelas escamas ósseas – e uma preservação do volume devido à taxa de reabsorção lenta do Geistlich Bio-Oss®5.


Referências:

  1. Chiapasco M, et al.: Clin Oral Implants Res 2013; 23(9): 1012-21.
  2. Zitzmann N, et al.: Int J Oral Maxillofac Implants 1997; 12(6): 844-52.
  3. Schneider D, et al.: Clin Oral Implants Res 2013; Feb 25. [Epub ahead of print].
  4. Tal H, et al.: Clin Oral Implants Res 2008; 19(3): 295-302.
  5. Simion M, et al.: Clin Oral Implants Res 2007; 18(5): 620-29.

De_produtos.jpg
Débora Furlani
Gerente de Marketing