ACI - Implantação de condrócitos autógenos

Implantação de condrócitos autógenos (ACI) é uma técnica para o tratamento de grandes defeitos cartilagíneos isolados. Uma pequena amostra de cartilagem é colhida de uma parte não importante da articulação durante a artroscopia. Em um laboratório, os condrócitos são dissolvidos afastados do composto do tecido e reproduzidos em placas de cultura.

Após um período de cultivação de 3 a 4 semanas, é obtida uma contagem celular de aprox. 1 milhão de células/cm2, consoante o tamanho do defeito. No segundo procedimento cirúrgico, a Chondro-Gide® é inoculada com as células e inserida no defeito. Sob os efeitos físico-químicos do meio articular, as células, acompanhadas de um programa de reabilitação cuidadosamente adaptado, formam cartilagem regenerada de alto grau, que tem quase 90% das propriedades bioquímicas de cartilagem articular saudável (Steinwachs, 2008).

Indicações

  • Lesões condrais e osteocondrais de grau III-IV (classificação de Outerbridge)
  • Defeitos osteocondrais, associada ao enxerto ósseo
  • Defeitos focais traumáticos
  • Tamanho do defeito de 6 cm2 a 12 cm2
  • Pacientes com idades entre 18 anos e 55 anos

Vantagens da utilização de Chondro-Gide versus periósteo

  • Sem necessidade de uma área doadora para a remoção do periósteo
  • Risco reduzido de hipertrofia
  • Risco reduzido de delaminação
  • Menor tempo de operação
  • Simples Manuseio
  • Qualidade de matriz consistente

Mais informações sobre Chondro-Gide® e ACI estão disponíveis com o seu representante Geistlich Surgery.

Marcelo_Roggembaum_140x140_01.jpg
Marcelo Roggembaum
International Product Manager