Dente extraído - e agora?

O que acontece após a extração de um dente?

Após a extração de um dente, o osso e o tecido mole se retraem parcialmente se não forem tomadas contramedidas. Além de comprometer a estética, pode tornar o volume ósseo insuficiente para uma posterior colocação de implante ou formar espaços sob uma ponte dentária.

O preenchimento do alvéolo pós-extração com um substituto ósseo, imediatamente após a remoção do dente, pode manter o volume ósseo. Assim, também aumentam as possibilidades de um tratamento posterior bem-sucedido. Se um implante dentário for colocado logo após a extração do dente, os substitutos ósseos colocados ao redor do implante igualmente contribuem para a preservação do volume ósseo.

 

Sem medidas preventivas…

o alvéolo dentário vazio acaba se extinguindo, devido à degradação óssea natural. Em decorrência da redução do volume ósseo a estética pode ser comprometida após a colocação de um implante. No caso de uma restauração de ponte dentária, também pode se formar um espaço entre a ponte e a gengiva abaixo.

 

Com medidas preventivas…

o volume ósseo pode ser mantido a longo prazo, por meio de preservação do rebordo alveolar. Para isso, o alvéolo dentário é preenchido com um material de substituição óssea como Geistlich Bio-Oss® ou Geistlich Bio-Oss® Collagen. Estas medidas preventivas conferem flexibilidade na escolha da prótese dentária definitiva (implantação / restauração de ponte dentária).

 

As informações contidas nesse site tem o propósito apenas informativo. Essas informações não substituem as prescrições e opiniões dos dentistas.

 

Camila_Torres_140.jpg
Camila Torres
Assistente de PMCS