Quando não há mais molares

O que acontece quando não há mais molares?

A raiz dos molares superiores encontra-se no chamado assoalho do seio maxilar, na parte do osso que separa o seio maxilar da cavidade bucal. Depois da extração do dente, com o passar do tempo, a altura e a espessura do osso maxilar diminuem. Em alguns casos, restam apenas alguns milímetros. Na parte posterior do rebordo alveolar, depois da remoção do dente, o seio maxilar se expande, restando apenas uma pequena altura do osso, que não é suficiente para suportar um implante. Uma altura de osso suficiente é pré-requisto para a estabilidade de implantes dentários ao longo do tempo.

 

Como substituir dentes molares?

Na área de molares, um processo chamado elevação do assoalho do seio maxilar aumenta a altura do osso, que é necessária para a colocação bem-sucedida de implantes dentários. O seu dentista irá escolher a técnica mais adequada para você e sua situação clínica.

 

As informações contidas nesse site tem o propósito apenas informativo. Essas informações não substituem as prescrições e opiniões dos dentistas.

 

Camila_Torres_140.jpg
Camila Torres
Assistente de PMCS