Elevação Lateral do Seio com 20 anos de follow-up

11_Dr_Schwartz.jpg
Dr. Devorah Schwartz-Arad
Tel-Aviv, Israel

  

Desafio Clínico

Paciente do sexo feminino, 62 anos, saudável, foi encaminhada ao centro cirúrgico de Schwartz-Arad para extração do primeiro molar superior direito. Este caso clínico foi realizado em 1997 com um período de acompanhamento de 20 anos. A região de interesse é o molar superior direito. Nesta região, o 1º molar superior direito era intratável devido a um defeito endo-perio. Os primeiros e segundos pré-molares superiores direitos também estavam faltando. A ponte existente incluía o canino superior direito e o primeiro molar. O rebordo alveolar disponível não foi suficiente para a colocação do implante devido à pneumatização do seio maxilar direito e do dente endosuperior. O paciente veio para um tratamento para obter uma restauração protética fixa. O desafio clínico foi reconstruir simultaneamente o volume da crista na dimensão vertical por meio de um procedimento de aumento do seio e preservação do rebordo no momento da extração dentária, para a colocação de implantes no segundo estágio.

  

Resultado Clínico

Objectivos

  • Elevação do assoalho do seio através da janela lateral.
  • Aumento ósseo da cavidade do seio maxilar previa à colocação do implante após 5 meses.

Conclusões

  • Tratamento de elevação do assoalho do seio em dois estágios.
  • Elevação do seio usando Geistlich Bio-Oss® e Geistlich Bio-Gide® leva a um sucesso clínico de longo prazo.
  • Situação perfeita após 20 anos de follow-up.

Objetivo/ Técnica

Procedimento de aumento do seio via abordagem da janela lateral1

Pré-medicação oral profilática de amoxicilina (1 g) e dexametasona (8 mg) uma hora antes do procedimento e aplicação local de clorexidina a 0,5% por 2 min. Uma incisão foi feita na crista alveolar e uma incisão vertical distal à tuberosidade foi feita para permitir que a extração óssea desta área fosse misturada com o Geistlich Bio-Oss®. Uma janela foi cortada através do córtex da parede lateral do seio usando uma broca óssea redonda de baixa velocidade. Neste ponto, a membrana sinusal foi cuidadosamente elevada do assoalho do seio e da parede do seio medial. Geistlich Bio-Gide® foi usada para reparar a perfuração. Como a estabilidade primária do implante não pôde ser atingida, um implante de 2 estágios tardio foi realizado 5 meses depois. O compartimento do seio maxilar foi aumentado com Geistlich Bio-Oss®. A parede lateral fenestrada do seio maxilar foi coberta com uma Geistlich Bio-Gide® e o retalho mucoperiosteal reposicionado e suturado com um Vicryl 3.0

Conclusão

Este caso, com 20 anos de follow-up, é apenas um exemplo de muitos pacientes com cristas alveolares insuficientes, tratados no centro cirúrgico de Schwartz-Arad com Geistlich Bio-Oss®. O aumento ósseo usando Geistlich Bio-Oss® e Geistlich Bio-Gide® para o procedimento de aumento do seio é uma abordagem de tratamento previsível a longo prazo. Além disso, a perfuração da membrana sinusal não influenciou negativamente o sucesso do implante quando corrigida com a Geistlich Bio-Gide®.

 

Referências:

    1. Schwartz-Arad D et al. 2004. J Periodontol. Apr;75(4):511-6. (clinical study)