Recessão gengival

A recessão gengival é extremamente comum e pode levar a complicações tais como cárie na raiz, aspeto estético comprometido, higiene oral reduzia e hipersensibilidade da superficie radicular.1,2

Foram desenvolvidas várias técnicas de enxertia para a cobertura de recessões, incluindo o transplante de tecido autógeno em combinação com um retalho coronalmente avançado. Geistlich Mucograft® combinada com retalho coronalmente avançado representa uma alternativa viável a este procedimento3,4.


O enxerto de tecido conjuntivo autógeno ou o uso da matriz de colágeno Geistlich Mucograft® pode resultar em uma boa alternativa para a cobertura da recessão3 e em um ganho comparável de tecido queratinizado3,4 quando usado em combinação com retalho coronalmente avançado. Contudo, a matriz Geistlich Mucograft®  

  • está associado a morbidade menor do paciente3,4
  • elimina a necessidade de colheita de tecido mole3,4   

Caso clínico: Cobertura de recessão singular com retalho coronalmente avançado e Geistlich Mucograft® para biotipo gengival fino.

A matriz de colágeno Geistlich Mucograft® trata a recessão gengival de forma eficaz em combinação com retalho coronalmente avançado sem causar dor adicional.

 

Referências:

  1. Chambrone L, et al.: Cochrane Database Syst Rev (2): CD007161.
  2. Bignozzi I, et al.: J Periodontal Res 2013 May 7.
  3. Cardaropoli D, et al.: J Periodontol 2012; 83(3): 321-28.
  4. McGuire MK & Scheyer ET: J Periodontol 2010; 81(8): 1108-17.