Geistlich Bio-Graft®

A fim de maximizar os resultados do Geistlich Bio-Graft®, a Geistlich desenvolveu um guia cirúrgico detalhado e cursos de credenciamento para melhor utilização do produto. Confira aqui a agenda de Cursos da Geistlich.

 

O andaime ósseo esponjoso de Geistlich Bio-Graft® com a sua estrutura cuidadosamente preservada de colágeno endógeno, é fácil de se modelar, perfurar e para ser fixado com parafusos. A sua dimensão, o torna prontamente adaptável ao contorno do rebordo, enquanto suas características hidrofílicas facilitam a hidratação com solução salina e absorção sanguínea2.

 

Para a aplicação do Geistlich Bio-Graft® é necessário seguir os seguintes passos:

  • Como em qualquer aumento ósseo maior, o "design" apropriado do retalho é um ponto chave
  • O cuidado no leito receptor assegura um íntimo contato entre a parede óssea remanescente alveolar, o Geistlich Bio-Graft® e a perfuração cortical que garante o sangramento
  • Geistlich Bio-Graft® deve ser aplicado em estado seco
  • A modelagem extensiva e o arredondamento das arestas do Geistlich Bio-Graft® é recomendada.
  • Uma vez fixado, o Geistlich Bio-Graft® deve ser extensivamente irrigado com solução salina seguido pela hidratação com sangue
  • Geistlich Bio-Oss® é recomendado para preencher os gaps remanescentes na periferia do Geistlich Bio-Graft® sem que haja sobrecontorno
  • Geistlich Bio-Gide® deve ser aplicada cobrindo totalmente a área do enxerto
  • O fechamento do retalho com a ausência de tensão é um ponto chave para uma cicatrização sem problemas

Os princípios gerais de uma manipulação estéril e a medicação do paciente devem ser seguidos quando for usado o Geistlich Bio-Graft®.

 

Referências:

  1. von Arx T et al., Clin Oral Implants Res. 2006 Aug;17(4):359-66.
  2. Reddy et al., J Contemp Dent Pract. 2006 Feb 15;7(1):60-70.
  3. Kim et al., In Vivo. 2008 Mar-Apr;22(2):231-6.
  4. Schwarz et al., J Clin Periodontol. 2008 Jan;35(1):80-7
  5. Maiorana et al., Open Dent J. 2011 Apr 25;5:71-8
  6. Monje et al., J Oral Implantol. 2015 Jul;41 Spec No:366-71.
  7. Sanz-Sanchez et al., J Dent Res. 2015 Sep;94(9 Suppl):128S-42S.