Clinical Evidence – AMIC® Chondro-Gide® in the Talus

Como o Chondro-Gide® Funciona

Chondro-Gide® fornece uma cobertura protetora e mantém no lugar as células liberadas pela estimulação medular do osso subcondral ou introduzidas dentro do defeito. É um complemento para tratamentos regenerativos para lesões condrais e osteocondrais. Enquanto mantém as células dentro do defeito nos estágios iniciais do processo de cicatrização, o Chondro-Gide® é reabsorvido entre 1- 4 meses1 e é substituído por um novo tecido de cartilagem.

 

Chondro-Gide® Eficaz sem Osteotomia

Diversos estudos demonstraram que Chondro-Gide® pode ser utilizado com eficácia sem a necessidade de osteotomia. Walther et al.2 descreveu a reconstrução de defeitos de cartilagem focais no tálus com mini-artrotomia e Chondro-Gide para defeitos focais de cartilagem, pela classificação ICRS grau III e IV em uma área acima de 1.5 cm2. Os pesquisadores revisaram resultados pós-operatórios de 14 pacientes por um período de follow-up acima de 30 meses. Todos pacientes demonstraram melhora nos scores AOFAS, de 50 a 89 pontos, com igual mobilidade em ambos os lados da articulação superior do tornozelo. Não foram observadas complicações intra-operatórias. Eles concluiram que AMIC® Chondro-Gide® é um procedimento simples. A membrana pode ser implantada por mini-artrotomia, sem osteotomia do maléolo medial ou lateral em praticamente todos os casos. Eles também consideraram AMIC® Chondro-Gide® um procedimento economicamente eficiente de único tempo cirúrgico comparado a reconstrução de cartilagem com a utilização de condrócitos cultivados in-vitro.

Em uma análise de resultados de médio-prazo, Gottschalk et al.3 encontrou resultados promissores em ambos os estudos de 2 e 5 anos de follow-up após o procedimento. Os pesquisadores encontraram a melhoria mais significante nos resultados clínicos no primero ano de pós operatório. Entre o 1o - e 5o ano de follow-up, não foi observado melhoria estatisticamente significante. Pacientes retornaram ao esporte em 5 anos.

 

Vários autores reportaram a vantagem de um procedimento artroscópico para o tratamento de lesões osteocondrais do tálus. O tratamento artroscópico pode reduzir trauma cirúrgico, e torna desnecessária uma osteotomia tibial ou fibular.<sup>4</sup>

Para mais informações sobre Chondro-Gide<sup>®</sup>, técnicas cirúrgicas, e insights clínicos, download the brochure.

 

References

  1. Chondro-Gide® IFU 2019, Geistlich Pharma AG
  2. WALTHER, M., et al., Reconstruction of focal cartilage defects in the talus with miniarthrotomy and collagen matrix. Operative Orthopädie und Traumatologie. 2014. Vol. 26, no. 6, p. 603-610. DOI 10.1007/s00064-012-0229-9. Springer Nature (Clinical Study)
  3. GOTTSCHALK, O., et al., Functional Medium-Term Results After Autologous Matrix-Induced Chondrogenesis for Osteochondral Lesions of the Talus: A 5-Year Prospective Cohort Study. The Journal of Foot and Ankle Surgery. 2017. Vol. 56, no. 5, p. 930-936. DOI 10.1053/j.jfas.2017.05.002. Elsevier BV (Clinical Study)
  4. USUELLI, F., et al., All-arthroscopic AMIC® (AT-AMIC®) technique with autologous bone graft for talar osteochondral defects: clinical and radiological results. Knee Surgery, Sports Traumatology, Arthroscopy. 2016. Vol. 26, no. 3, p. 875-881. DOI 10.1007/s00167-016-4318-4. Springer Nature (Clinical Study)

 

Dr. Sanja Saftic
International Product Manager