Notícias

12. março 2013

No Congresso IDS 2013, falamos sobre alvéolos pós-extração

No Congresso IDS 2013, falamos sobre alvéolos pós-extração, apresentamos o Geistlich Bio-Oss Pen® e exibimos interessantes filmes em 3D. O International Dental Show (IDS) foi realizado em Colônia, Alemanha, de 12 a 16 de março de 2013. A Geistlich Biomaterials organizou um estande de mais de 160 m2, onde apresentou novidades e produtos da empresa a numerosos visitantes. Neste ano, a Geistlich Biomaterials descreveu a utilização do Geistlich Combi-Kit Collagen para tratamento de alvéolos pós-extração. Os destaques foram o Geistlich Bio-Oss Pen® e os filmes de demonstração em 3D sobre indicações envolvendo regeneração óssea e tecidual em odontologia.

Na edição deste ano da IDS, a Geistlich Biomaterials teve um estande de mais de 160 m2, onde apresentou o tratamento de alvéolos pós-extração com o Geistlich Combi-Kit Collagen. Os dentistas especialistas em regeneração puderam conhecer duas novidades: o Geistlich Bio-Oss Pen®, disponível no mercado alemão desde 2012, e os belos filmes em 3D. Usando óculos 3D, os visitantes do estande puderam observar o tratamento de defeitos intraósseos e a aplicação de enxertos em defeitos causados por retração gengival.

Geistlich Combi-Kit Collagen para alvéolos pós-extração e pequenos aumentos de crista

A Geistlich Biomaterials recomenda o Geistlich Combi-Kit Collagen, que contém 100 mg de Geistlich Bio-Oss® Collagen e uma Geistlich Bio-Gide®   de 16x22 mm para uso em alvéolos pós-extração. O produto é especialmente indicado para pequenos aumentos ou preservação dos contornos da crista. A combinação de Geistlich Bio-Oss® Collagen e Geistlich Bio-Gide® pode ser empregada para preencher defeitos da parede óssea ou ao redor de implantes.

 

Geistlich lança Bio-Oss Pen® e exibe filmes de cirurgias em 3D

A Geistlich apresentou pela primeira vez na IDS o Bio-Oss Pen®, uma caneta aplicadora que permite aplicação precisa de Bio-Oss® granulado em procedimentos. A caneta é especialmente indicada para facilitar o acesso a defeitos em áreas difíceis de alcançar na região molar. Outra novidade foram os filmes 3D exibidos no estande. Como existem várias indicações de intervenção para promover a regeneração de ossos e tecidos moles, o estande atraiu um grande número de interessados.