Enxerto ósseo maior

Perda de dente, traumatismo ou a resseção de tumor pode levar a deficiências ósseas no rebordo alveolar. Medidas reconstrutivas estão indicadas para o aumento da quantidade de osso.

Blocos de osso autógeno coletados do maxilar inferior ou da crista ilíaca constituem o material preferencialmente usado para reconstruir maiores defeitos do rebordo. Contudo, os blocos de osso autógeno estão sujeitos a um determinado grau de reabsorção1,2

A aplicação de biomateriais Geistlich em enxerto de bloco ósseo diminui a reabsorção

  • Substituto ósseo Geistlich Bio-Oss® colocado sobre o enxerto para reduzir a retração3,4.
  • A membrana de colágeno Geistlich Bio-Gide® cobrindo a área enxertada reduz a reabsorção posterior de tecido ósseo1,2,5-7.

Combinando o osso autógeno com Geistlich Bio-Oss® e Geistlich Bio-Gide® a área enxertada é melhor preservada a longo prazo.

 

 

Referências:

  1. Maiorana C, et al.: Int J Periodontics Restorative Dent 2005; 25(1): 19-25.
  2. Maiorana C, et al.: Open Dent J 2011; 5: 71-78.
  3. Schlegel KA, et al.: Int J Oral Maxillofac Implants 2003; 18(1): 53-58.
  4. Jensen T, et al.: Clin Oral Implants Res 2012; 23(8): 902-10.
  5. Proussaefs P, et al.: Int J Oral Maxillofac Implants 2002; 17(2): 238-48.
  6. Proussaefs P, et al.: Int J Periodontics Restorative Dent 2006; 26(1): 43-51.
  7. von Arx T & Buser D: Clin Oral Implants Res 2006; 17(4): 359-66.

De_produtos.jpg
Débora Furlani
Gerente de Marketing