Tratamento periodontal

A doença periodontal está caracterizada pela destruição de tecido periodontal. Se as medidas de tratamento não-cirúrgico da fase I como educação do paciente, controle da placa, planejamento de raspagem e aplainamento radicular falharem, é necessário partir para soluções cirúrgicas.

O uso de biomateriais em regeneração tecidual guiada (RTG) é mais eficiente que o desbridamento de retalho aberto sozinho para tratamento de defeitos periodontais1. No que diz respeito a esse procedimento, o defeito é preenchido com substituto ósseo natural Geistlich Bio-Oss® (Collagen) e coberto com a membrana de colágeno Geistlich Bio-Gide® (Perio).

O substituto ósseo natural deve:

  • Preencher o defeito ósseo e reduzir a profundidade alveolar
  • Gerar níveis maiores de inserção clínica
  • Estimular a regeneração e preservar o osso do paciente e ligamento periodontal

A membrana de barreira de colágeno deve:

  • Estabilizar o enxerto ósseo
  • Prevenir crescimento epitelial
  • Permitir a recolonização de células ósseas no defeito

Maior ganho de inserção com Geistlich Bio-Oss® e Geistlich Bio-Gide® Perio

O uso de material substituto ósseo Geistlich juntamente com a membrana de colágeno natural Geistlich Bio-Gide® Perio leva significativamente a melhores resultados que o desbridamento de retalho aberto isolado. Os dados de cinco anos mostram nível mais elevados de inserção clínica e maior redução de profundidade alveolar1.

 

Referências:

  1. Sculean A, et al.: J Clin Periodontol 2007; 34(1): 72-77.


    Camila_Torres_140.jpg
    Camila Torres
    Assistente de PMCS